Tratamento com cápsulas de aderência: eixos, fisioterapia (e outras)-Tua Saúde

Tratamento para capsulite adesiva: remédios, fisioterapia (e outros)   Tua Saúde

Tratamento de capsultis adesivos, ou síndrome de braço congelado, pode ser realizado com fisioterapia, analgésicos e pode levar até 8 12 meses de tratamento, mas também é possível que haj complete uma redução do quadro em 2 anos após o aparecimento dos sintomas, mesmo sem qualquer tipo de tratamento. 

O médico pode indicar o uso de analgésicos, anti-inflamações, corticosteroides ou infiltração de esteróides para aliviar a dor, mas a fisioterapia também é indicada, e quando nenhuma melhora do quadro pode ser indicada para realizar a cirurgia.

A cápsula adota é inflamada pela articulação do ombro, que causa dor e problema intenso movendo o ombro como se o braço estivesse congelado. O diagnóstico é feito por um médico após analisar exames de imagem, como raio-X, ultrassonografia e artrosé, que são necessários para avaliar a mobilidade do braço. 

O tratamento pode ser realizado com:

1. Medicamentos

O médico pode prescrever analgésicos, não esteroides de medicamentos anti-inflamatórios e corticosteróides sob a forma de comprimidos de alívio da dor, na doença de fase mais aguda. A infiltração de corticosteroide diretamente nas articulações é também a possibilidade de alívio da dor, e por realizar, no critério médio, ou a cada 4-6 meses, mas nenhuma dessas drogas impede a necessidade de fisioterapia, para ser complementar. 

2. Fisioterapia

A fisioterapia é sempre recomendada como ajuda na luta contra a dor e a recuperação dos movimentos de movimento. Na fisioterapia, os dispositivos de alívio da dor e compressas quentes podem ser usados para facilitar o movimento dessa articulação. Várias técnicas manuais podem ser usadas, exceto para os exercícios de alongamento (dentro do limiar da dor) e, posteriormente, os exercícios dos músculos serão realizados.

O tempo de recuperação varia de uma pessoa para outra, mas geralmente dura de alguns meses a 1 ano, com melhora progressiva dos sintomas. Embora possa não haver melhora significativa na amplitude dos movimentos com o braço afetado, nas primeiras sessões é possível não desenvolver contrações musculares em músculos trapezoidais, o que pode causar ainda mais dor e desconforto. 

Existem técnicas específicas que podem ajudar a quebrar a aderência e a promover a largura, mas não é recomendável que o paciente permaneça tentado por excesso de força para se mover ao redor do ombro, já que pode causar ferimentos leves, o que, além de piorar a dor, não traz nenhum benefício. Apenas exercícios recomendados pelo fisioterapeuta, que podem envolver o uso de pequenos dispositivos como bola, vara (vassoura) e faixas elásticas (teraband), devem ser realizados em casa.

Os saques de água quente são úteis para colocar antes do alongamento porque liberam músculos e tornam mais fácil o alongamento, mas sacos de gelo de terra são indicados no final de cada sessão, pois reduzem a dor. Algumas seções que podem ajudá-lo são:

Tratamento para capsulite adesiva: remédios, fisioterapia (e outros)

Esses exercícios devem ser realizados de 3 5 vezes por dia, durando de 30 1 minutos, mas o fisioterapeuta poderá se referir a outros para cada necessidade de cada um Pessoa.

Dê uma olhada em alguns exercícios simples que para ajudar a aliviar a dor no braço para:

3. Bloquear o nervo suruplo

O médico pode realizar bloqueio do nervo sucata, no consultório ou no hospital, o que traz um grande alívio da dor, sendo uma opção quando os medicamentos não têm qualquer efeito e dificultam a realização de fisioterapia. Esse nervo pode ser bloqueado porque é responsável por fornecer 70% de pensamento sensorial, e ao bloquear há uma grande melhora na dor. 

4. Hidrodilatação

Uma outra alternativa que um médico pode indicar é uma distensão do braço com uma solução de injeção ou fluido (solução de cloreto de sódio) em anestesia local que ajuda a esticar o ombro tow que promove o alívio da dor e facilita a movimentação dos braços

5. Cirurgia

A cirurgia é a última opção de tratamento quando não há sinal de melhora com o tratamento conservador que é realizado com medicações e fisioterapia. Ortopedista o médico será capaz de realizar artroscopia ou manipulação fechada, que poderá devolver a mobilidade do braço. Após a cirurgia, a pessoa deve retornar à fisioterapia para acelerar a cicatrização e continuar com o alongamento do exercício para uma recuperação completa. 

Author: SILVA RICARDO