Mulher morre para proteger o filho de tiroteio na região | Geral

Mulher morre para proteger o filho de tiroteio na região

Um confronto no Complexo do São Carlos, no Estácio, centro do Rio de Janeiro, matou uma mulher e deixou três pessoas feridas na noite da última quarta-feira (26). A atendente Ana Cristina da Silva, de 25 anos, deitou-se sobre o filho de três anos para protegê-lo e foi atingida por dois disparos, um na cabeça e outro na barriga. Devido ao confronto, o Corpo de Bombeiros não conseguiu realizar o resgate logo após o chamado.

Ao Bom Dia Brasil da TV Globo, a cunhada de Ana Cristina, Vânia Brito, contou que a atendente seguia para o trabalho com o filho quando ficou no meio do fogo cruzado. Para proteger a criança, a atendente teria se jogado sobre o filho.

“A gente pensa que nunca vai acontecer com a gente, mas de uma hora pra outra você morre pra salvar a vida de um filho. Então, eu acho que não tem mensagem pra deixar, só tem indignação, só tem um pedido, né: justiça para ser feita. Foi apenas bandido contra bandido, parece que o Rio todo está tomado de bandidos. Isso que dá pra perceber”, disse.

Leia mais: 

De acordo com o noticiário, a vítima foi atingida na Rua Azevedo Lima, uma das vias de acesso ao Morro São Carlos, no Estácio. Ao Brasil de Fato, um morador do São Carlos que prefere não se identificar, relatou que o tiroteio na comunidade começou desde às 19h de quarta-feira (26). “Na subida do morro [São Carlos] a situação foi complicada, porque estava tendo uma feirinha. Estava cheio de barracas armadas. Mas no momento não havia começado ainda. Só que os comerciantes estavam lá. Você imagina, né?”, contou o morador.

O intenso tiroteio no Complexo do São Carlos teria iniciado por um confronto entre facções criminosas rivais. Segundo a Polícia Militar, o comando do 5° BPM (Praça da Harmonia) enviou equipes ao local e policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) também foram à região para tentar conter o confronto. 

Complexo do São Carlos, no centro do Rio, segue com intenso tiroteio nesta quinta-feira (27). *Registro realizado por morador da comunidade para o Brasil de Fato RJ.

— Brasil de Fato RJ (@fato_rj)

 

Até o fechamento desta reportagem, no início da tarde desta quinta-feira (27), moradores ainda registraram o som de tiros na comunidade. No vídeo enviado ao Brasil de Fato é possível ouvir o som dos disparos de arma de fogo no Morro São Carlos.  

Fonte:

Edição: Jaqueline Deister

Author: SILVA RICARDO