“Decifrando a Corcorona”: o que o mundo globalizado pós pandemia será | Guia do Estudante

“Decifrando o coronavírus”: como será o mundo globalizado pós pandemia

imagem14-06-2020-15-06-45

(Guia Estudantil / Reprodução)

Entre as discussões sobre um “novo normal” após a pandemia coronácea, é possível ver que algumas mudanças vieram para permanecer. Sobre a segunda live de GUIA sobre esse assunto, discutimos com Claudio Falcão, professor de Geografia e diretor do sistema de ensino de pH, para entender o que é a globalização e quais as consequências do covid-19 no mundo.

Com a intensificação de dois discursos opostos e vigentes no cenário político, os países se dividem entre ideais de isolamento e cooperação mundial. O professor ressalta, no entanto, que uma das características inevitáveis da globalização é a resistência constante ao seu progresso, como a dissuasão do progresso científico e de organizações comunitárias como a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Veja também

    Entre as consequências da pandemia está uma possível reorganização da economia mundial. A piora da disputa EUA-China, em que os americanos perdem o protonagismo devido à dificuldade em conter a crise e, por outro lado, vemos a dependência internacional dos chineses, novos caminhos surgem para o sistema econômico.

    Nesse quadro, torna-se claro o professor uma recessão econômica que deve escalar não só no Brasil mas no Como consequência, a sociedade deve voltar a discutir o papel do Estado, da mesma forma que novos acordos internacionais devem surgir para superando a crise.

    “Novo normal”

    o geógrafo destaca que ampliar o trabalho e a educação a distância, assim como a responsabilidade social das empresas, será uma realidade. Mesmo que houvesse movimentos anteriores para a pandemia, durante esse tempo poderíamos perceber a importância do desenvolvimento e da adesão a essas mudanças.

    No entanto, a pandemia nos deixa algumas questões de repensar, como flexibilidade nas relações de trabalho que se fortaleceu nos últimos anos. A difamação e o aumento do desemprego durante o isolamento social nos levarão a voltar a discutir a organização do trabalho brasileiro, assim como a postagem política nacional, que está sofrendo uma revirada no atual governo.

    Veja também

      Avaliação da Saúde Pública

      Além das mudanças nas questões econômicas, a saúde pública poderia se tornar um foco de perguntas do exame no final do ano. De acordo com Falcão, o TOP tem se mostrado eficaz em conter a crise, reacender o debate sobre a importância da saúde pública.

      Isso é um contraponto à realidade americana, por exemplo, em que as pessoas confiam mais em um determinado sistema de saúde. Em todo o mundo, vemos o surgimento da valorização do sistema público e também de um importante papel social das empresas de private equity.

      Acompanhamento ao vivo completo em que o professor explica todas essas questões e como elas devem aparecer no vestibular.

      Iniciação para o Enem sem sair de casa. Inscrevê-se para e tenha acesso a centenas deles com professores do Poliedro.

      Author: SILVA RICARDO